Em Grupo



Outra maneira de utilizar os games são a ginástica laboral, treinamentos, aulas de educação física escolar, recreação e outros mais...
Abaixo uma foto de um evento com 137 pessoas aproximadamente.

  • Existem hoje escolas norte americanas que ja utilizam os games na educação fisica escolar. Agora aqueles que gostam mais de games, computador e nem tanto de esportes "reais" tem a chance de mostrar que podem fazer parte das atividades esportivas da escola. Desta maneira eles deixam de ser os últimos a serem escolhidos nos times e participam das atividades físicas, desta vez através de jogos virtuais. Alguns até dizem que os atestados médicos para não realização das aulas irão diminuir.
  • Falando em ginástica laboral, imagine que divertido seria a dinâmica em seu ambiente de trabalho? Desde uma atividade em grupo ou dividi-los em grupo para uma competição sadia entre setores? Com certeza uma abordagem diferente e motivadora.
  • Os treinamentos empresariais virtuais não são novidade. hoje existem empresas que trabalham com desenvolvimento de softwares para tal. Já imaginou aprender algo e se aperfeiçoar através de jogos educativos?  A FisioGames desenvolve jogos para reabilitação e jogos educativos. www.fisiogames.com.br
  • Resorts já utilizam os games na parte da recreação. Imaginem um dia de chuva num resort de praia. Com certeza é muito divertido um jogo de boliche, de tênis, futebol, tudo indor e num espaço menor e de menor custo!
A parte mais bonita disto tudo é que os jogos não distinguem os mais fortes dos mais fracos, os mais aptos fisicamente dos menos.
Naquele momento um cadeirante pode caminhar, um amputado jogar tênis, ate eu posso chamar Ronaldinho para uma partida de futebol e ganhar, ou uma corrida contra Felipe Massa e chegar na frente, e ainda não correr risco algum de me acidentar gravemente.

Obrigado a todos que acompanham o Blog! O número crescente das visitas me fazem cada vez mais acreditar que estou na profissão certa e que o trabalho que tanto amo também importa aos outros.

0 comentários:

Postar um comentário